Laoshi Online

Saiba tudo sobre a escrita chinesa

Os chineses chamam sua escrita de Hànzi – 汉字, que significa literalmente ‘escrita han’. Fazendo referência a dinastia Han. Ela é uma das escritas mais antigas do mundo, com mais de 3000 anos. Mas, o que diferencia a escrita chinesa de todas as outras que deixaram de existir com o tempo? Antes de responder a essa pergunta vamos ver um pouco mais sobre sua origem. 

ORIGEM

Apesar de ser difícil traçar a sua história, sua origem é possivelmente anterior a dinastia han no século 13 antes de Cristo onde encontramos os primeiros registros desta escrita em ossos de animais.

Apesar de todo esse tempo os caracteres não ficaram obsoletos como as escritas cuneiforme e os hieróglifos que tem mais de cinco mil anos de história. Muito pelo contrário, um dos fatores que contribuíram para o desenvolvimento e crescimento da China até hoje, certamente foi a sua escrita.

Uns duzentos Anos Antes de Cristo seu primeiro imperador Qinshihuang usou a escrita para unir todos os povos do território chinês. Até hoje, apesar da China ter diversos dialetos, todos eles usam a mesma escrita.

MESMA ESCRITA PARA DIFERENTES IDIOMAS

Como os caracteres chineses são símbolos que representam conceitos ou ideias eles podem ser lidos de diferentes formas, por isso, não precisam da língua falada para transmitir uma mensagem, tanto que, os caracteres chegam a ser usados em outros dialetos e idiomas como no caso do Japão e Coreia do Sul. Então por meio da escrita um falante de Mandarim pode se comunicar com um falante de cantonês ou japonês embora esses idiomas sejam diferentes. Existem dois tipos de caracteres, os tradicionais, que são mais antigos e usados em Taiwan, HongKong e Macau e, os caracteres simplificados, usados pela República popular da China desde a década de 50.

SIMPLIFICAÇÃO

Um dos motivos da simplificação foi para diminuir o número de traços e facilitar a leitura e escrita, por isso apenas os caracteres mais complexos foram simplificados. Aproximadamente 3 mil caracteres foram simplificados. O que representa um número bem pequeno, porque a língua chinesa contém mais de 40.000 caracteres diferentes que são classificados de 6 formas. Mas se requer apenas o conhecimento de três a quatro mil caracteres para ser considerado fluente.

 

Gostaria de saber mais sobre os caracteres chineses? 

Então se inscreva no nosso curso grátis de escrita chinesa. Nele você vai conhecer as 6 formas como os caracteres são classificados e também vai aprender as regras de escrita para já ir treinando sua caligrafia.

Curso grátis de escrita chinesa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

9 − quatro =

Rolar para o topo