chinês ou mandarim

Chinês ou mandarim? Qual o forma certa?

Se você está pensando em aprender um novo idioma? Que tal começar a estudar chinês? Para ser mais específico, que tal você começar a estudar mandarim? Chinês ou mandarim? Mas tem diferença entre falar chinês e falar Mandarim? Sim tem.

O termo “chinês” geralmente é utilizado de forma genérica para se referir à língua falada na China, que, na realidade, é composta por várias línguas diferentes. A língua mais falada na China é o mandarim, também conhecido como “putonghua” (普通话 – palavra comum) ou “guoyu” (国语 – idioma do país), que é a língua oficial do país. No entanto, a confusão muitas vezes ocorre devido ao uso do termo “chinês” para descrever tanto a língua mandarim quanto outras línguas faladas na China.

Faz diferença falar chinês ou mandarim?

O mandarim é uma das várias línguas chinesas, mas é a língua predominante e a mais ensinada nas escolas. Ele se baseia no dialeto falado em Pequim e na região circunvizinha, conhecido como “mandarim padrão”. É a língua que unifica o país, permitindo a comunicação entre pessoas de diferentes regiões que falam dialetos locais distintos.

Por outro lado, existem outros dialetos chineses, como o cantonês, o shanghainês, o hakka, entre outros. Cada um desses dialetos tem suas próprias características distintas e, em alguns casos, pode ser difícil para falantes de um dialeto entenderem completamente falantes de outro.

Conclusão

Em resumo, “chinês” é um termo abrangente que engloba as diversas línguas faladas na China, enquanto “mandarim” refere-se especificamente à língua oficial e predominante, utilizada para comunicação em todo o país.

Deixe um comentário

cinco × 5 =